Quadro DOR para criação de User Story

Pessoal, gostaria de compartilhar com vocês uma ferramenta que eu e o Rafael Capra criamos e utilizamos nos departamentos de People(RH), Staffing e Comercial (Sales) para trazer mais agilidade com uma abordagem “Lean”.

O que motivou a criação desse quadro é que queríamos que as necessidades dessas áreas fossem levantadas em formato de User Stories. Sendo assim, criamos o quadro DOR para ajudar nesse levantamento.

Abaixo segue a imagem do quadro DOR junto com a explicação de como levantamos as informações para cada coluna. O nome DOR vem de Definition of Ready.

 

Como vocês podem ver, é bem simples a maneira de fazer o levantamento das User Stories. Para começar preencher o quadro, sugiro começar pelo “Quero”, pois fica mais fácil de áreas não acostumadas mapear as US, dizerem o que precisam.

Nesse caso, o primeiro passo foi: Quero “Diminuir a quantidade de entrevistas” – Essa era a verdadeira dor do time de People da empresa. Com isso preenchemos o “Quero”.

Após o “Quero”, começamos as perguntas e consequentemente as respostas do nosso quadro.

Pergunta: Quem quer?

Resposta: Quem quer é a “Recrutadora” – Assim preenchemos o “Como”.

Pergunta: Para que você quer?

Resposta: Para “não perder profissionais por tempo de respostas” – Respondemos o “Para”.

Pergunta: Como podemos dar essa atividade como concluída?

Resposta: Daremos como concluída se “o processo ter no máximo duas entrevistas E as entrevistas devem ser agendas na mesma semana.” – Preenchemos o “Critério de Aceite”

Pergunta: O que você precisa ter antes de começar atuar nessa “atividade”?

Resposta: Preciso “saber da disponibilidade semanal dos entrevistadores” – Aqui preenchemos o DOR.

Pergunta: Essa “atividade” está relacionada a algum problema maior?

Resposta: Está relacionada a “Entrevistas de Candidatos” – Preenchamos o Épico.

Pergunta: Quem é o principal sponsor desse problema maior?

Resposta: O “José – CEO” – Business Owner preenchido.

E assim conseguimos levantar as necessidades em formato de User Stories de maneira fácil e objetiva.

Um ponto de atenção e que gerou um grande diferencial, é que sempre falamos uma linguagem simples com as pessoas, de maneira que elas pudessem entender facilmente.

É isso pessoal! Espero que esse post ajudem vocês nessa jornada ágil!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: