Projeto ou Produto?

por Daniel de Freitas*, Sep 2017

Ultimamente várias empresas estão migrando de projetos para produtos. Parar de se guiar por projetos e começar a olhar seus produtos, mesmo parecendo simples, é uma mudança de mindset muito complicada.

Projetos geralmente são guiados por prazos. Projetos entregues no prazo proposto são sucesso.

Produtos são guiados por métricas, não existe um prazo determinado para finalizar. O produto tem roadmap, medição constante do retorno do investimento, recebe feedbacksconstantes, tem respostas rápidas para atender o time to market e geralmente ou “aconselhadamente” tem times dedicados cuidando dele de ponta a ponta.

E com isso, nesse mundo onde ninguém pode perder o time, como você anda cuidando do produto mais precioso e inovador que você pode ter? Esse produto se chama Vida, sim, sua Vida!

Mesmo eu chamando ele de produto, você prefere atuar nele como um produto ou como um projeto?

Se for projeto, você já sabe a data que ele vai finalizar? Caso a entrega do seu projeto atrase, seria positivo ou negativo? Você trabalha até tarde todos os dias, além dos fins de semana para entregar seu projeto Vida mais rápido. Parou para pensar nisso?

Agora digamos que você trata sua vida como um produto. Você colhe feedbacks constantes para você guiar seu produto a fim de conseguir seus objetivos e metas? Você definiu as métricas que seu produto deve gerar? Você criou um roadmap para seu produto? Em qual fase seu produto se encontra, desenvolvimento, crescimento ou maturidade?

Independente da fase em que ele se encontra, se as métricas não estão conforme você imaginava ou o retorno do investimento não está acontecendo, lembre-se, sempre há a chance de lançar uma feature nova e fazer um produto fracassado ser um imenso sucesso!

(*) Sobre o autor:
Daniel de Freitas é um profissional com agilidade com vários anos de experiência como coach, ajudando empresas a utilizar metodologias ágeis para a criação de produtos digitais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: